www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

5 dicas de alimentação no trabalho para gestantes

Você já parou para pensar como pode ser desafiante para uma grávida se alimentar bem durante o expediente? Não apenas pelas dificuldades comuns desse período, mas também porque esse é um momento em que a alimentação é ainda mais importante e pode impactar não somente a saúde da mãe, mas também do pequeno que está por vir.

Para dar uma forcinha nesse processo, trouxemos algumas dicas que irão tornar a vida das futuras mamães um pouco mais simples, especialmente durante o horário de trabalho.

 

1)      Náuseas e vômitos são bastante comuns entre as gestantes. Em geral, isso acontece nos primeiros meses de gravidez e costuma passar com o tempo. Em alguns casos, o uso de algum medicamento pode até ser necessário, mas certas estratégias relacionadas à alimentação também podem ajudar! Quer ver?

- Pela manhã, antes de sair para trabalhar, procure consumir  carboidratos em pequenas quantidades. Nesses casos, biscoitos costumam ser bem tolerados.

- Tenha sempre à mão (ou na gaveta do trabalho) alimentos sólidos, com pouca gordura e salgados. Esse tipo de alimento, quando é consumido em menores quantidades e maior frequência, pode fazer a diferença no combate aos enjoos. Queijo branco, torradas, bolachinhas salgadas e alguns snacks são boas opções.

- Geralmente, líquidos como limonada são mais bem aceitos do que a própria água. Por isso, procure ter limões por perto. Assim você pode espremer no copo de água quando tiver sede.

2)      Dificilmente as gravidas conseguem ingerir grandes quantidades de alimentos nas refeições e, por isso, acabam comendo mais vezes por dia. Durante o trabalho, deixe as gavetas e as bolsas sempre abastecidas com opções mais saudáveis. Frutas, castanhas, iogurtes, queijos magros e pãezinhos são alguns exemplos de alimentos que podem compor uma refeição equilibrada de forma bem prática.

3)      Em grande parte dos casos, suplementos nutricionais são realmente necessários e recomendados por médicos e nutricionistas. A gente sabe que na correria do trabalho as pessoas acabam se esquecendo de tomar. Por isso, nossa dica é ter despertadores e alertas para conseguir se programar e não falhar nem um dia sequer.

4)      Ficar sem almoçar não é uma opção! E comer em frente ao computador também não, viu? Jejum não é legal nessa fase! Lembre-se que a boa alimentação é essencial para o desenvolvimento do pequeno e não custa nada fazer uma pausa para se alimentar bem.

5)      Esqueça o mito de que gravida pode comer por dois! Claro que a necessidade de energia e nutrientes aumenta consideravelmente nessa fase e é preciso ter um cuidado maior. Mas pensar apenas em aumentar a quantidade pode ser prejudicial para você e para o bebê, sabia? Por isso, se você não é a gestante da vez, não incentive este tipo de prática! Aliás, que tal ajudar a sua colega a ter hábitos mais saudáveis? Aproveite e entre nessa você também.

 

Publicado : 4 de novembro de 2014 as 08:00