www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

Como aproveitar a ceia de Natal e comer sem culpa?

Ceia de Natal lembra família reunida, casa decorada, troca de presentes, mesas lindas e cheias de coisas gostosas para comer, não é mesmo? E se você está adotando um novo estilo de vida, não precisa se preocupar e nem ficar fora de tudo isso. Como você tem visto por aqui, ter uma alimentação saudável não significa ter que se privar de momentos deliciosos, como a ceia de Natal. Muito pelo contrário! E por isso, aqui estão algumas dicas que irão te ajudar a comer as delícias natalinas sem culpa e aproveitar ao máximo tudo que essa época tem para te oferecer.

Primeiro ponto: Para quem teve uma alimentação saudável ao longo do ano, aproveitar a ceia de Natal ao máximo não significa jogar fora todo o esforço dos outros meses, significa saber saborear sem culpa uma refeição deliciosa que realmente vale a pena. Lembre-se que em uma alimentação saudável cabem, perfeitamente, todos os tipos de alimentos, desde que na quantidade certa.

Comece com um prato de salada: Os ingredientes especiais e os molhos deliciosos fazem delas opções saudáveis e saborosas. Para não deixar de experimentar nada, sirva-se com um pouquinho de cada prato quente. Após comer, avalie se realmente está com fome e precisa repetir o prato. Muitas vezes não estamos mais com fome, e sim com vontade de comer! Agora, se sentir que realmente ainda está com fome, se sirva novamente das coisas que mais gostou, sem medo de ser feliz! E outra coisa: a ceia sempre sobra para o dia seguinte! Por que não deixar alguns alimentos para experimentar depois?

Na hora da sobremesa: Pegue pequenas porções de tudo que te apetecer! Se possível, comece pelas frutas como uva, abacaxi e frutas secas, depois se sirva de um pouco das outras delícias, como pavês, tortas, panetones e sorvetes!

Se ainda tiver dúvidas de como preparar uma Ceia de Natal saudável, acesse nosso aplicativo e confira nossas dicas: http://comerbemtdb.com.br/ceia-natal-saudavel/

Publicado : 24 de dezembro de 2013 as 07:49