www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

Cinco alimentos prejudicais à saúde e que devem ser evitados

Por mais que tentemos investir em uma alimentação saudável, muitas vezes, é uma missão difícil resistir a algumas tentações gastronômicas. No entanto, para garantir o bom funcionamento do nosso corpo, é essencial que no dia a dia evite-se o consumo de alguns alimentos que podem colocar em risco a sua saúde. Mas que itens são esses tão prejudiciais?

Selecionamos cinco produtos industrializados considerados tóxicos e que devem ter o consumo evitado:

 

Margarina

Esse é um produto que possui grandes níveis de gorduras trans, que causam o aumento do “co” (LDL) e a redução do “colesterol bom” (HDL) no sangue. Uma sugestão é substituir a margarina pela manteiga e, na preparação de receitas, pode-se ainda optar pelo azeite de oliva.

 

Adoçantes artificiais

É muito comum a troca do açúcar por adoçantes, por quem busca emagrecer. No entanto, essa substituição pode resultar justamente no oposto desejado. Alguns estudos mostram que o consumo regular desses produtos artificiais pode levar a um ganho de peso e, até mesmo, a um aumento dos níveis de glicose, o que é ainda mais grave. Por essa razão, os melhores substitutos para o açúcar branco são o açúcar mascavo, que não passa por todo o processo de refinamento e mantém os nutrientes, além do o mel e a stévia, que são adoçantes naturais.

 

Refrigerantes

Para muitas pessoas, o hábito de tomar refrigerantes pode ser considerado praticamente um vício. Embora seja refrescante e saborosa, é uma das bebidas mais prejudiciais à sua saúde. Estudos mostram que quem consome uma lata de 350ml  por dia de refrigerante tem até 20% mais chances de desenvolver diabetes do tipo 2. A causa disso é a alta concentração de açúcar que o produto possui. Por isso, quando a sede bater, lance mão de opções saudáveis como água aromatizada, água de coco e sucos naturais (sem açúcar!).

 

Carnes processadas

Produtos como presunto, bacon, salame e salsicha são carnes processadas que devem ser evitadas ao máximo. Isso porque um estudo europeu que analisou esses itens mostrou que quem os consome com regularidade tem maiores chances de desenvolver câncer, doenças cardíacas e de morrer prematuramente. A pesquisa foi realizada em dez países e avaliou os hábitos alimentares de 448.568 pessoas. A conclusão foi que aquelas que consumiam muitos processados tinham 72% de chances de desenvolver doenças cardiovasculares e 11% de surgimento de câncer.

 

Alimentos enlatados

O grande problema dos produtos enlatados é que muitas latas são feitas com um material chamado Bisfenol A (BPA), que é um estrogênio sintético que pode afetar o sistema hormonal e causar danos sérios, como infertilidade, câncer de mama e obesidade.

Publicado : 5 de junho de 2017 as 19:16