www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

Dicas para reaproveitar sobras da geladeira

O Dia Mundial da Alimentação é 16 de outubro e que tal aproveitar a data para refletir sobre a forma como consumimos nossos alimentos e começar a reaproveitar sobras que antes iam para o lixo? Segundo o mais recente relatório da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), cerca de 1,3 bilhões de toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente no mundo – isso representa ⅓ de toda a produção de comida do planeta! As perdas ocorrem em toda a cadeia produtiva dos alimentos, da terra à nossa mesa e o Brasil é um dos 10 países que mais desperdiça no mundo.

Essas estatísticas são assustadoras, mas fazer a nossa parte para melhorar esses índices não é tão difícil quanto parece. Abaixo, listamos algumas alternativas fáceis e práticas para reaproveitar alimentos que estão sobrando na geladeira.

Essas dicas vão ajudar não só o planeta mas também o seu bolso, pois alimentos que iriam para o lixo viram refeições saborosas, nutritivas e que fazem bem ao planeta!

Arroz: As sobras de arroz podem virar bolinho, mexido, arroz de forno ou risoto.

Feijão: Aquele restinho na geladeira pode virar tutu, feijão tropeiro ou sopa de feijão.

Leite: O leite talhado pode render um delicioso doce de leite!

Pão velho já duro: Você pode batê-lo no liquidificador e preparar uma farinha de rosca. Torradas e Bolinhos de Carne feitos com pão também ficam deliciosos!

Cascas de frutas: As cascas de melão, melancia, jabuticaba, banana e laranja podem virar geléia. Cascas de abacaxi e maçã podem ser fervidas e virar chá naturalmente doce.

Cascas e outras partes dos legumes: as partes menos desejadas dos vegetais podem virar um rico e nutritivo caldo de legumes! O topo do aipo, a pele da cebola e do alho, a casca da cenoura por exemplo são super aromáticos e perfeitos para um caldo. Basta guardar as sobras em um recipiente e deixá-las no congelador até você ter a quantidade suficiente para cozinhá-las. Quando o caldo estiver pronto, jogue a parte sólida em um lixo orgânico e use o líquido para preparar risoto, sopa, macarrão e vários tipos de ensopados. Ao preparar seu próprio caldo de legumes, frango ou carne em casa, diga adeus aos caldos industrializados e reduza também o consumo de sódio, aromatizantes e conservantes na sua dieta!

Pele e outros descartes do tomate: Ao invés de jogar fora, é possível misturá-los a alguns tomates inteiros para fazer molho. Basta coar bem as sementes (veja abaixo dicas para reaproveitá-las), cozinhar tudo com cebola e alho e depois bater no liquidificador.

Casca de batata: quando fresca, ela é uma verdadeira aliada para reduzir inchaço ao redor dos olhos e desinflamar pele acneica. Pressione o lado úmido das cascas frescas sobre a pele ao redor dos olhos ou sobre as espinhas durante 15 minutos.

Sementes: Sementes de frutas e legumes podem ser reaproveitadas torradas no forno e consumidas como nutritivo lanchinho da tarde. E ao triturá-las no liquidificador, basta misturar com linhaça para ter uma farofa rica em fibras, vitaminas e minerais.

Frango e carne: Qualquer pedacinho que sobrar pode ser desfiado e reutilizado em tortas, pizzas, risoto… as aparas com osso e cartilagem podem ser usadas para preparar caldos (basta juntar essas partes ao caldo de legumes).

Compostagem: Além de reaproveitar os restos de alimentos em outras preparações, outra opção é usar cascas, sementes, borra de café e chá e cascas de ovos para fazer compostagem, uma técnica de fabricação de adubo orgânico, ecologicamente correta e totalmente econômica. Só não vale usar alimentos já temperados e com gordura.

Leia também algumas dicas para evitar o desperdício.

Confira site da FAO sobre o Dia Mundial da Alimentação, lá você encontra estatísticas sobre o desperdício de comida no mundo e dicas de melhores práticas. Fazendo nossa parte, contribuímos por um planeta melhor para todos!

Publicado : 10 de outubro de 2016 as 16:10