www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

Mitos e verdades: Paletas Mexicanas

Elas chegaram com tudo e ganharam o gosto dos brasileiros com uma proposta de produção artesanal e recheios diferentes e deliciosos. As paletas mexicanas vieram pra ficar, mas será que a gente consegue incluir essa delícia em uma alimentação saudável? Para esclarecer essa dúvida, listamos aqui algumas informações importantes. Confira!

  • Ingredientes

As frutas costumam aparecer em primeiro lugar na lista de ingredientes da paletas. Isso quer dizer que esse é o principal componente de algumas delas, um ótimo sinal, principalmente se compararmos aos picolés tradicionais, que têm como ingredientes principais a água e o açúcar.

Pode parecer mentira, mas algumas marcas utilizam pequenas quantidades de sucos concentrados ou corantes e aromatizantes para deixar o seu sorvete com o sabor desejado. Por isso é importante saber que os ingredientes e as quantidades deles variam de marca para marca. Então, confira sempre o rótulo antes de fazer a sua escolha.

  • Opções de sabores

São muitas opções e uma mais gostosa que a outra, mas a diferença no perfil nutricional pode ser enorme quando comparamos as de frutas com as de recheios cremosos. Apenas para que você tenha uma ideia, uma paleta mexicana de abacaxi tem 150kcal e não contém quantidades significativas de gorduras, enquanto a de doce de leite recheada possui 274kcal e mais de 10g de gorduras! Mas se você adora essas opções recheadas e cremosas, nossa dica é deixá-las para ocasiões especiais, dando preferência às opções mais leves sempre que possível.

  • Consumo liberado?

Não é porque as paletas são de frutas que o consumo está liberado, ok? Apesar de serem mais naturais, elas também levam açúcar e geralmente são servidas em porções bem maiores do que estamos acostumados aqui no Brasil.

Bom, agora que você já sabe um pouquinho mais sobre essas delícias, faça sua melhor escolha e aproveite para se refrescar nesse verão de forma consciente!

 

 

Publicado : 16 de fevereiro de 2015 as 08:00