www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

Quatro motivos para incluir o óleo de coco na dieta alimentar

Quatro motivos para incluir o óleo de coco na dieta alimentar

Se tem um alimento que está em evidência e virou sinônimo de produto funcional é o óleo de coco. Embora tenha sido considerada por muito tempo uma opção ruim para a saúde, devido à quantidade elevada de gordura saturada, nos últimos anos, diversos estudos comprovaram o contrário. A gordura presente no coco não é a mesma encontrada em outros óleos, o que faz dele um grande aliado para o bom funcionamento do corpo.

Quais os benefícios do óleo de coco?

Fortalece o sistema imunológico

O óleo de coco possui poderosas propriedades antibactericidas, antifúngicas e antivirais, o que é ótimo para prevenir e combater infecções e vírus. Assim, ele age diretamente no fortalecimento da nossa saúde.  O óleo de coco também tem ácido láurico, que ajuda o organismo a absorver os nutrientes, o que reforça as defesas do corpo.

Melhora a cicatrização

Esse é um óleo que deve ser não apenas ingerido, como também usado de diversas outras formas. Quando aplicado sobre a pele, por exemplo, ele colabora para a cicatrização e previne infecções.

 

Mantém os cabelos saudáveis

Precisando hidratar os fios? Esse é um produto que merece entrar na sua rotina de tratamentos capilares. Quando aplicado no couro cabeludo, antes da lavagem, ele reduz a perda de proteínas que o shampoo promove. Outro bom uso para o óleo é aplica-lo em todo o comprimento do cabelo antes de dormir e lavar pela manhã. O resultado é fios mais brilhosos e saudáveis.

 

Hidrata a pele

Esse é um poderoso hidratante natural. Vale deixar, inclusive, dentro do banheiro para aplicar durante o banho. Quando usado como loção corporal, o óleo de coco não só hidrata a pele, como também ajuda no tratamento de dermatite, reduz acnes, previne rugas, combate erupções cutâneas, entre outros problemas.

Antes de investir no óleo de coco, certifique-se de comprar o extra virgem, pois ele não passa por processos de refinamento, o que faz com que mantenha todos os nutrientes. Essa versão ainda não contém aditivos como aromatizantes e conservantes artificiais. Opte ainda por produtos armazenados em embalagens de vidro, que interagem menos com a gordura do que as de plástico.

Embora não haja contraindicação para o uso deste óleo, o recomendado é sempre procurar o médico ou nutricionista, para que o profissional recomende a melhor forma de inserir o produto em sua rotina e assim desfrutar de todos os benefícios.

 

Publicado : 5 de maio de 2017 as 08:00