www.facebook.com/alelocomerbemtdb twitter.com/AleloBrasil

O que fazer com as sobras da Ceia de Natal?

Todo ano é a mesma coisa. A gente exagera na quantidade de comida na ceia de Natal e, no dia seguinte, come tudo outra vez para não desperdiçar. Tem gente que adora, mas muitas pessoas acordam querendo comer algo diferente e acaba deixando os restos da ceia esquecidos na geladeira até serem jogados fora.

Os índices de desperdício de alimentos no Brasil batem recordes mundiais. Então, por mais que você pense que é melhor sobrar do que faltar, vale a pena pesar direitinho no que é realmente necessário preparar para sua ceia e o que pode ser exagero, não é? Para te ajudar com isso, separamos algumas dicas que vão te ajudar a se organizar não só durante as festas de fim de ano.

A primeira delas é tentar utilizar o máximo possível de um alimento no preparo da ceia. Vale utilizar casca, talo, folha, polpa e até mesmo sementes. A ideia principal é, além de diminuir os gastos e reduzir o desperdício, melhorar a qualidade nutricional da preparação. Cascas e folhas, por exemplo, são ricas em vitaminas, minerais e fibras.

Mesmo que você faça as contas direitinho antes de fazer as compras para a ceia, é provável que alguma coisinha acabe sobrando. A dica aqui é guardar os alimentos que sobrarem em recipientes fechados na geladeira, para aumentar a durabilidade. Você também pode distribuir o que sobrou entre os convidados.

E quem disse que o dia seguinte à ceia precisa ser de repeteco? Com os alimentos que sobram podemos preparar novas receitas. Nesse caso, as quantidades devem ser adaptadas, ou seja, se ao invés de 1 quilo de peru, você tiver apenas 500g, não se esqueça de reduzir as porções dos demais ingredientes da receita. Ao escolher o que preparar, pense nos produtos que já tem em casa, facilitando ainda mais o processo. Elaborar receitas a partir das sobras é uma ótima pedida, principalmente em um dia onde todos estão cansados e querem comidas mais rápidas e práticas de serem preparadas. Arroz de forno, risotos, farofas e até mesmo sopas deliciosas e nutritivas podem ser feitas com a comida que sobrou da ceia em um piscar de olhos.

Referências Bibliográficas

GONDIM, JAM; MOURA, MFV; DANTAS, AS; MEDEIROS, RLS; SANTOS, KM. Composição Centesimal e de Minerais em Casca de Frutas. Rev Ciênc Tecnol Aliment, v. 25, n.4, p. 825-827, Out/Dez 2005.

GOULART, RMM. Desperdício de alimentos: um problema de saúde pública. Ano XIV, Set 2008.

ONG Banco de Alimentos. São Paulo, 2013. Disponível em http://www.bancodealimentos.org.br Acesso em: 03 dez 2013.

BANCO DE ALIMENTOS. Banco de Alimentos e Colheita Urbana: aproveitamento integral dos alimentos. Rio de Janeiro, SESC/DN, 2003.

SESI – Serviço Social da Indústria. Alimente-se Bem. 100 receitas econômicas e nutritivas. São Paulo, 2ª edição, Jan 2006.

Publicado : 25 de dezembro de 2013 as 07:00